iPhone

Depois de uma semana e meia de utilização de um iPhone quais as minhas impressões:

É tudo o que esperava: ligação com o serviço mobileme (antigo .Mac) funciona de uma forma tão interligada que já não é preciso ter a preocupação de sincronizações, ou de perder um edereço ou telefone por falta de interligação. Uma boa surpresa foi também o novo mail. Deixei definitivamente de usar outros leitores de mail para além do Mail.app.

Como nunca fiz video com o telemóvel anterior não sinto falta de câmara de video. O mesmo se passa com os MMS (nunca enviei, não era agora que ia começar a enviar: não preciso). Para envio de coisas mais complexas do que SMS envio um mail.

A primeira aplicação que descarreguei foi o NetNewsWire (também sincronizados com as listas nos meus macs) que me permite ler as notícias que me interessam.

Estive uma semana fora onde usei o iPhone como único aparelho de ligação à internet. Nessa semana apenas gastei 48 MB dos 250 MB disponíveis mensalmente. Não vou discutir as tarifas: foram aceites livremente por mim tendo em conta os meus gastos anteriores e as minhas necessidades. Outros pensarão de forma diferente.

Gosto do teclado, depois de uma pequena habituação já não tenho problemas de maior. às vezes confndo é o botão de desligar uma chamada, já me aconteceu uma data de vezes carregar no botão home (o botão físico na parte inferior do telemóvel).

A única coisa que me chateia é a bateria: raramente consigo que ela aguente as 15 horas do meu dia. É chato chegar às 18H00 nos 10%.

2 pensamentos em “iPhone

  1. Obrigado pela informação 🙂
    Mas quando estamos em viagem é que precisamos do push. Mas já coloquei para fazer de hora a hora.

  2. Chico,

    Devias desligar o que não usas, quando não usas… ou seja… desligar os serviços de localização (Settings, Geral, serviços de localização – que não é mais que o GPS sempre a consumir), desligar o push quando não vais precisar de o ler, este é o mais consumidor, o bluetooth é praticamente o consumo normal de qualquer rádio de outro telefone…

    A vibração com a quantidade de chamadas efectuada é o outro lado da balança da bateria.

    Pessoalmente já consigo definir claramente quando preciso de ter push e quando não preciso, bem como desligar estes serviços para aumentar a autonomia, e sim já consigo passar bem os dias.

Deixar uma resposta