Rádio Católica

Todos sabemos o peso que a Rádio Renascença tem na paisagem audiovisual portuguesa. É a rádio com mais audiência, que conta com 4 canais diferentes, cada uma com um público alvo bem definido e que se orgulha de apresentar o título de emisora católica portuguesa.

Ora aqui está o meu problema com a Rádio Renascença. Por aquilo que ouço na dita rádio não é uma rádio católica. Pode ser uma rádio de inspiração cristã, mas não é rádio católica, ou seja ao serviço da evangelização e testemunha de Jesus.

Um amigo perguntou-me se queria que a Renascença se transformasse numa Rádio Maria, a transmitir constantemente missas e terços, com audiências residuais e a dar prejuízos constantes. Não quero.

Por outro lado não são os 5 minutos da oração da manhã, o angelus ao meio-dia, o terço às 18:30, a pequena meditação antes da meia-noite e a missa aos domingos que completam a sua condição católica.

É triste para um católico ouvir da boca do director de programas da Renascença dizer que o primeiro objectivo é ter audiências e no meio da programação introduzir algo de católico, mas sempre de maneira que não afaste ou ouvintes.

E depois olhamos para a página online da Rádio Renascença e não vemos uma única referência a Jesus Cristo ou ao catolicismo ou à Igreja.

Faltam programas onde se debatam os temas da vida social numa perspectiva cristã, onde se entrevistem pessoas ligadas à Igreja que possam dar testemunho da sua fé, onde se possa fazer anúncio e apresentação de livros sobre a fé cristã, onde a cultura popular possa ser abordade de uma perspectiva dos valores sem ser apenas o estilo de promoção que se faz noutras rádios.

Que não se limitem a passar as playlists impostas pelas editoras de música, mas que se divulgue a música evangélica e evangelizadora.

Isto traz diminuição de receitas. É natural, mas se o Grupo RR tem quatro rádios: Rádio Renascença, RFM, Mega FM e Rádio Sim, podem manter os três últimos canais como estão e tornar a Rádio Renascença numa verdadeira Emisora Católica Portuguesa, que se distinga das outras rádios.

Eu não vejo diferença substancial neste aspecto entre a Rádio renascença e a Antena 1.

Deixar uma resposta