50 sombras de Grey

Como é que uma livro, e agora um filme, que rebaixa absolutamente a mulher tem sucesso precisamente entre o público feminino?
Não li o livro mas os excertos e críticas que li são suficientes para perceber que aquilo que E. L. James escreveu como fan-fic a partir da série Twilight e se transformou num sucesso editorial em 2012 é absolutamente degradante, não apenas pela qualidade da escrita, mas sobretudo pela desvalorização e degradação da mulher.
Os fans dizem que Anastasia (a personagem feminina) é uma verdadeira heroína que consegue “salvar” Christian com o seu amor. Mas isso é uma parvoíce.
A associação Americana das Famílias (AFA) fez um comunicado em que afirma que o livro e filme glorifica a violência sexual, assédio e perseguição social, intimidação e isolamento.
Este artigo explica que nada na relação entre os dois é saudável. Um blog intitulado 50 sombras de abuso esclarece os abusos sofridos por Anastasia.
Aqui, aqui e aqui estão várias indicações de lista dos sinais de abuso presente nas 50 sombras de Grey, da parte de Christopher Grey: ciúme, constante perseguição e verificação da localização do outro, controlo, isolamento, enfeitiçamento, rápido envolvimento, expectativas exageradas, transferência da culpa, hipersensibilidade, uso de força na relação sexual, papéis sexuais rígidos, mudanças de humor bruscas, história de abuso, ameaça de violência, violência verbal. Da parte de Anastasia: sente-se confusa sobre a relação é o seu comportamento;
constantemente tentando recompor Chistian; choro incontrolável, sentindo-se sempre emocional; escondendo o que se passa dos amigos, com medo que eles censurem a sua passividade; excepcionalmente prudente em dizer algo a Christian com medo da reação dele; sentindo-se inadequada, pensando que não é capaz de satisfazê-lo, ignorando-nos seus próprios sentimentos e necessidades; sente-se insegura, começando a ficar com ciúmes de relações anteriores; tornando-se distante e uma sombra de si própria, chegando ao ponto da família lhe começar a perguntar o sue se passa, e ela fica calada com medo da reação de Chistian.
O Centro de Prevenção e Controlo de Doenças dos Esatados Unidos, apresente esta lista. O Jornal of Women’s Health publicou em 2014 um estudo sobre esta livro com o título “Double crap! Abuse and Harmed Identity in Fifty Shades of Grey” (Caraças! Abuso e identidade ferida 50 sombras de Grey
Para terminar uma página do facebook denunciando o abuso e degradação sexual de 50 sombras de grey.

(null)

Deixar uma resposta