Arquivo mensal: Agosto 2017

Duplicidade de Critérios

Cada vez estou mais danado com a duplicidade de critérios que está a afetar a nossa sociedade.

Sabemos que a esquerda sempre foi anti-liberdade e o último reduto dessa liberdade é a liberdade de expressão, que nasce da liberdade de pensamento.

Dizem que é preciso impedir o discurso de ódio (hate-speech) mas os únicos que são acusados disto são aqueles que não alinham com a cartilha esquerdista. Ainda mais grave quando são os meios de comunicação social a alinhar desta duplicidade de critérios: «Nazi atropela e mata uma pessoa em Charlote, VA», «Carro atropela e mata 13 pessoas na Rambla de Barcelona»

E se começarmos a estabelecer crimes de ódio e crimes de consciência quem é que determina isso? O governo? E quando estiver no governo um ditador? A maioria? E quem é que garante que a maioria está certa? E o que acontece às minorias? Uma comissão de vigilantes? Mas quem vigia os vigilantes?

Sem se darem conta o que George Orwell anunciava no seu livro «1984» está a começar a acontecer: «Todos os registos foram destruídos ou falsificados, todos os livros reescritos, todas as pinturas repintadas, todas as estátuas e edifício foram renomeados, todas as datas alteradas. E o processo continua dia a dia, minuto a minuto. A história parou. Nada existe a não ser o infinito presente.»