4º Domingo do Advento

Este ano o calendário tem uma particularidade : o quarto domingo do advento calha no dia 24, mesmo na véspera do natal, por isso celebramos durante o dia o mistério da Anunciação e à noite o mistério do nascimento de Jesus.

Hoje na primeira leitura da missa escutamos o profeta Isaías que diz: “Por amor de Sião não me calarei, por amor de Jerusalém não terei repouso, enquanto a sua justiça não despontar como a aurora e a sua salvação não resplandecer como facho ardente. Os povos hão-de ver a tua justiça e todos os reis da terra a tua glória.”

Num tempo conturbado em que as coisas parecem estar invertidas não podemos de clamar a vinda do Senhor Jesus que nos salva.

No fim do advento escutemos este cântico com tradução em português:

Vem, vem, Emanuel Liberta o cativo Israel Que geme no exílio Até que o Filho de Deus apareça. Alegra-te! Alegra-te! Emmanuel Nasceu para ti, Israel!

Vem, ó ramo da árvore de Jessé Liberta-os das garras do inimigo Aqueles que confiam em vosso poder de salvar E lhes traz vitória sobre o Inferno Alegra-te! Alegra-te! Emmanuel Nasceu para ti, Israel!

Vem, vem, ó Sol nascente Anima-nos pela tua aproximação Dissipa as nuvens sombrias da noite Afasta as sombras da morte Alegra-te! Alegra-te! Emmanuel Nasceu para ti, Israel!

Vem, Chave de Davi E abre-nos o Reino dos Céus Faz segura a estrada para o Alto E fecha o caminho do Inferno Alegra-te! Alegra-te! Emmanuel Nasceu para ti, Israel!

Vem, vem Senhor Que ao povo no Sinai Destes a lei Na gloriosa majestade Alegra-te! Alegra-te! Emmanuel Nasceu para ti, Israel!

Deixar uma resposta