Arquivo de etiquetas: Bento XVI

Prevenção da SIDA

ROMA, sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) – Um estudo realizado pela Universidade de Harvard deu razão à posição de Bento XVI sobre a SIDA, afirmando que um comportamento sexual responsável e a fidelidade ao próprio cônjuge foram fatores que determinaram uma drástica diminuição da SIDA no Zimbábue.

Daniel Halperin, do Departamento de Saúde Global da População da universidade norte-americana, desde 1998, estuda as dinâmicas sociais que causam a disseminação de doenças sexualmente transmissíveis nos países em vias de desenvolvimento.

A tendência de dez anos é evidente: de 1997 a 2007, a taxa de infecção entre adultos diminuiu de 29% a 16%. Depois desta pesquisa, Halperin não hesita em afirmar: a repentina e clara diminuição da incidência de SIDA deve-se “à redução de comportamentos de risco, como sexo fora do casamento, casual e com prostitutas”.

O estudo, publicado em PloSMedicine.org, foi financiado pela Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional, da qual Halperin foi conselheiro, e pelo Fundo das Nações Unidas para a População e Desenvolvimento.

“Com este estudo, Halperin promove uma reflexão séria e honesta sobre as políticas até agora adotadas pelas principais agências de combate à AIDS nos países em desenvolvimento”, afirma o jornal L’Osservatore Romano, ao dar a notícia, em sua edição de 26 de fevereiro.

Segundo o estudo de Halperin, é necessário “ensinar a evitar a promiscuidade e promover a fidelidade”, apoiando iniciativas que visem a construir na sociedade afetada pela AIDS uma nova cultura.

Como disse Bento XVI, é necessário promover uma “humanização da sexualidade”.

A Palavra do Senhor

Em Outubro de 2008 realizou-se a Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos sobre a Palavra de Deus.

Dos trabalhos realizados resultou a publicação da Exortação Apostólica Verbum Domini (A Palavra de Deus). Com data de 30 de Setembro, festa litúrgica de S. Jerónimo, foi tornada pública mundialmente na passada quinta-feira, dia 11 de Novembro. Assim foi possível encontrar logo os livros com a tradução oficial nas diversas línguas.

Bento XVI em Fátima

Nesta ligação podem encontrar as fotos que tirei com o meu iPhone a propósito da visita do Santo Padre Bento XVI a Portugal.

As duas primeiras são dos dias preparatórios em Fátima. Mais duas do dia 12 de manhã. Depois uma série de fotos na Igreja da SS. Trindade por ocasião das Vésperas, no dia 12 à tarde. Uma nova série da Missa no Recinto no dia 13. A última é a do Encontro Vocacional de jovens do caminho Neo-Catecumenal.

Missa 13 Maio

Hoje começaram a ser distribuídos os passes para os padres que vão participar na Missa com o Santo Padre no dia 13 de Maio.

Vamos lá ver se o número é maior que no ano de 2000 (estiveram 1100 padres) quando foi a beatificação dos pastorinhos.

Bento XVI

Fotografia, 05-05-2010 - 17.39.jpg A uma semana da chegada do Santo Padre está quase tudo pronto. Já recebi o passe para participar nas Vésperas com o santo Padre no dia 12.

Já estão a ser montados os palanques para a comunicação social.

Dia Mundial da Paz

Na Mensagem para o dia mundial da Paz (1 de Janeiro) deste ano, o papa bento XVI exorta os cristãos a preservarem a criação como caminho para alcançar a paz.

A mensagem em português está neste sítio.

Caritas in Veritate

A verdade é luz que dá sentido e valor à caridade. Esta luz é simultaneamente a luz da razão e a da fé, através das quais a inteligência chega à verdade natural e sobrenatural da caridade: identifica o seu significado de doação, acolhimento e comunhão. Sem verdade, a caridade cai no sentimentalismo. O amor torna-se um invólucro vazio, que se pode encher arbitrariamente. É o risco fatal do amor numa cultura sem verdade; acaba prisioneiro das emoções e opiniões contingentes dos indivíduos, uma palavra abusada e adulterada chegando a significar o oposto do que é realmente. (Caritas in Veritate 3)

43º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Na sua mensagem para o 43º Dia Mundial das Comunicações Sociais o Papa Bento XVI dirige-se à chamada geração digital começando por dizer que o potencial das novas tecnologias é um verdadeiro dom para a humanidade.

A facilidade de acesso ao telemóvel e computador favorece a ligação, comunicação e compreensão entre indivíduos e comunidades: famílias que se mantêm em contacto apresar de separadas, estudantes e investigadores que têm acesso às fontes e podem trabalhar em equipa estando em lugares diversos, formas dinâmicas de aprendizagem, amizades criadas e alimentadas que ciam comunidades e redes.

O desejo de comunicação e amizade está radicado na própria natureza de seres humanos, que assim respondem à vocação de Deus, do Deus da comunicação e da comunhão.

Fundamental é a qualidade dos conteúdos que as novas tecnologias põem em circulação. O Santo padre exorta os que operam na produção e difusão de conteúdos dos novos media a sentirem-se obrigados ao respeito da dignidade e do valor da pessoa humana: as novas tecnologias devem servir o bem dos indivíduos, evitando a partilha de palavras e imagens degradantes para o ser humano. Tudo aquilo que alimenta o ódio e a intolerância, que torna vil a beleza e a intimidade da sexualidade humana e explora os débeis e vulneráveis deve ser excluído.

O ciberespaço permite conhecer os valores e tradições alheias, contrapondo uma forma honesta e correcta de cada um se exprimir juntamente com uma escuta atenta e respeitadora: o diálogo é a busca sincera e recíproca da verdade para realizar a promoção do desenvolvimento na compreensão e na tolerância.

Falando das relações e amizades on-line o Papa diz que não podem existir à custa da disponibilidade para a família, para os vizinhos e para aqueles que encontramos no dia-a-dia: no trabalho, escola e tempos livres.

Bento XVI defende louva o aparecimento de redes digitais que promovem a solidariedade humana, a paz e a justiça, os direitos humanos e o respeito pela vida e o bem da criação.

Termina a mensagem exortando os jovens católicos a levarem o seu testemunho de fé para o mundo digital, recordando o exemplo dos Apóstolos que levaram a mensagem do Evangelho ao mundo greco-romano.