Centenário das Aparições

O Santuário de Fátima prepara-se para a celebração do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, que ocorreram em 1917. Os próximos sete anos, com início no ano litúrgico de 2011, que começa no primeiro Domingo do Advento, a 28 de Novembro, serão dedicados às aparições.

Em conferência de imprensa realizada na tarde do dia 12 de Agosto, no Santuário de Fátima, o Reitor, Padre Virgílio Antunes, destacou os principais objectivos da celebração:

“Dar a conhecer a mensagem de Fátima e as suas implicações com a vida dos cristãos deste tempo, assim como a sua dimensão profética, relevante para a Igreja e para o mundo; e ajudar a dinamizar espiritualmente todos os devotos, peregrinos e a própria Igreja em Portugal, que tem em Fátima um forte ponto de apoio para a sua acção pastoral” são dois dos propósitos da iniciativa que pretende também “contribuir para uma leitura da realidade do nosso tempo a partir da fé cristã e da afirmação de Deus como Senhor da História”.

O Reitor sublinhou ainda as intenções de a celebração “acentuar as possibilidades de evangelização do nosso mundo a partir da mensagem de Fátima: a adoração à Santíssima Trindade, a centralidade da eucarística, a dimensão mariana da fé católica, a oração pela conversão dos pecadores, pelo Papa e pela paz no mundo, a penitência como caminho de conversão, a reparação dos corações de Jesus e Maria; desenvolver a dimensão mariana da expressão cristã da fé” e “relevar as personalidades dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, enquanto potenciadores de dinamismos catequéticos infantis”.

“Uma Comissão Teológica elaborou ao longo deste ano o itinerário temático a seguir durante os próximos sete anos, entre 2011 e 2017. A partir das «Memórias da Irmã Lúcia», elencaram-se os temas, seguindo o percurso das aparições do Anjo e de Nossa Senhora. Partiu-se sempre de um acontecimento de Fátima, tomou-se uma frase inspiradora e depois definiram-se um núcleo teológico, um elemento catequético e uma atitude crente a desenvolver”, explicou.

Para cada um dos meses de Maio a Outubro de cada ano foram definidas “unidades temáticas e conteúdos a abordar na liturgia, na catequese, nos momentos espirituais e devocionais”.

O primeiro ano partirá das aparições do Anjo e da frase inspiradora «Meu Deus, eu creio…». “Teremos como tema «Santíssima Trindade… adoro-vos profundamente». Tudo girará à volta de Deus, Santíssima Trindade, da fé em Deus e da adoração como atitude crente fundamental”, revelou o Padre Virgílio Antunes.

Nos anos seguintes, os temas desenvolver-se-ão em torno das seis aparições de Nossa Senhora: “Quereis oferecer-vos a Deus?”, “Não tenhais medo!”, “Envolvidos no amor de Deus”, “Santificados em Cristo”, “Eu vim para que tenham vida”, “O Senhor fez maravilhas”.

LeopolDina Simões, Sala de Imprensa do Santuário

Deixar uma resposta